Taxação de placa solar, mudança visa melhorar competividade da produção nacional no setor de energia solar

Diferentes-placas-solares-no-mercado-nacional-e-internacional.jpg
Imagem: Freepik
Compartilhe:
Fim da Publicidade

A partir de 2024, o Brasil inicia a taxação de placas solares, uma medida controversa que visa equilibrar a competitividade entre os fabricantes nacionais e internacionais de módulos fotovoltaicos.

Com a recente decisão do governo de taxar a placa solar a partir de 2024, o Brasil entra em um novo capítulo na sua jornada rumo ao desenvolvimento sustentável e à promoção da maior energia solar. Este movimento, marcado pela imposição de um imposto de importação de 10,8% sobre módulos fotovoltaicos e turbinas eólicas importados, visa equilibrar o campo de jogo para os fabricantes nacionais, que têm enfrentado desafios significativos devido à concorrência desleal dos produtos importados, principalmente da China, de acordo com o G1.

Vao-taxar-a-placa-solar-O-governo-entre-aumentar-os-impostos-de-importacao-e-melhorar-a-competitividade-de-fabricantes-nacionais-no-setor-de-energia-solar.jpg
Imagem: Divulgação

O impacto de taxar a placa solar

A medida, que revoga a isenção do imposto de importação estabelecida em 2020, pretende estimular a produção nacional de módulos fotovoltaicos. No entanto, ela levanta questões importantes sobre os efeitos potenciais no setor de energia solar do Brasil, especialmente considerando que a maior parte dos módulos fotovoltaicos utilizados no país são importados. Em 2022, por exemplo, 99% dos módulos foram trazidos de fora, com uma margem esmagadora vindo da China. Este cenário não viu muita mudança em 2023, onde 99,8% dos módulos fotovoltaicos continuaram a ser importados.

Apesar da aparente contradição nas ações do governo, especialmente à luz da recente “taxação do sol” que gerou amplo debate em 2023, a intenção de fortalecer a indústria nacional não pode ser ignorada. O Brasil está em um ponto de inflexão, onde o custo dos painéis solares nacionais pode ser significativamente mais alto que os importados. Esta nova política poderia, de taxar a placa solar, teoricamente, ajudar a reduzir essa disparidade, embora com o risco de aumentar o custo geral de instalação de sistemas fotovoltaicos para os consumidores.

Energia solar no Brasil

A sustentabilidade do setor fotovoltaico no Brasil está, sem dúvida, em um momento crítico. A decisão de taxar placa solar pode ter implicações de longo alcance, afetando não apenas os fabricantes nacionais e internacionais, mas também o crescimento da energia solar como um todo no país. O desafio será encontrar um equilíbrio entre proteger a indústria local e manter a energia solar acessível e atraente para os consumidores brasileiros.

A estratégia de taxar a placa solar, embora controversa, reflete uma tentativa de navegar pelas águas turbulentas da economia global e da sustentabilidade ambiental. À medida que o Brasil avança para se tornar um líder em maior energia solar, as políticas e regulamentações cuidadosamente consideradas serão cruciais para garantir que o país alcance seus objetivos de sustentabilidade sem sacrificar o crescimento e a inovação no setor fotovoltaico.

Diferentes placas solares no mercado nacional e internacional

Com a recente notícia de taxar a placa solar no Brasil, torna-se crucial compreender as opções disponíveis no mercado de energia solar, tanto nacional quanto internacional. A diversidade de tecnologias fotovoltaicas oferece diferentes caminhos para a adoção da energia solar, cada um com suas características, eficiências e custos específicos.

Células Fotovoltaicas Orgânicas (OPV)

Estas células, caracterizadas por sua flexibilidade e transparência, representam uma tecnologia emergente com eficiência de até 11%. Seu custo relativamente baixo, devido à disponibilidade de insumos, as torna uma opção atraente para aplicações específicas.

Fotovoltaico de Silício Monocristalino

Líderes de mercado em eficiência, estes painéis podem atingir até 21% de eficiência energética. São conhecidos por sua alta qualidade e longevidade, tornando-os uma escolha popular para projetos de longo prazo.

Filme Fino

FIM PUBLICIDADE

Os painéis de filme fino apresentam uma eficiência entre 7% e 13%, sendo produzidos a partir de uma variedade de materiais, como CIS/CIGS, silício amorfo (a-Si), e telureto de cádmio (CdTe). Sua principal vantagem é a flexibilidade de aplicação, incluindo superfícies não planas.

Fotovoltaico de Silício Policristalino

Com eficiência máxima de cerca de 18%, os painéis de silício policristalino oferecem um equilíbrio entre custo e eficiência. São facilmente reconhecíveis pela sua aparência azulada e textura granulada.

Seleneto de Cobre, Índio e Gálio (CIS/CIGS)

Esses painéis têm eficiência de 9% a 12% e são considerados mais ecológicos devido ao menor teor de cádmio. São uma opção viável para quem busca uma solução sustentável.

Telureto de Cádmio (CdTe)

Apesar de sua eficiência, a utilização de cádmio nos painéis solares CdTe levanta questões ambientais devido à toxicidade desse material.

Painéis Solares de Seguimento Solar

Estes sistemas permitem que os painéis sigam o movimento do sol, maximizando a captação de luz solar. Existem versões unidirecionais e bidirecionais, que podem aumentar significativamente a eficiência da geração de energia solar.

Quer saber quanto custa instalar seu
Sistema Solar?

Vamos precisar coletar algumas informações básicas, preencha os dados abaixo para nossos Epecialistas dimensionar sua Usina Solar sem compromisso com economia de até 95%.
"Sem compromisso, totalmente GRATUITO"

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

RSS
Facebook
Instagram
YouTube