“Prêmio da Economia Verde” reconhece lideranças que contribuem para a sustentabilidade

Prêmio da Economia Verde
Prêmio da Economia Verde - Foto: Ilustração / Freepik
Compartilhe:
Fim da Publicidade

Criada pela Frente Parlamentar da Economia Verde, a premiação estimula o desenvolvimento de soluções para uma economia de baixo carbono

Dez lideranças que são destaque em suas áreas de atuação foram premiadas nesta quinta-feira (16) na 4 ª edição do Prêmio da Economia Verde. O reconhecimento é uma iniciativa da Frente Parlamentar Mista da Economia Verde, presidida pelo deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), em parceria com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) e apoiada por mais de 40 outras entidades de setores diversos.

O Prêmio estimula soluções que possam induzir e acelerar a transição para um modelo econômico mais sustentável. Segundo o deputado Arnaldo Jardim, é de fundamental importância o parlamento se debruçar sobre questões ambientais, cruciais para o desenvolvimento do Brasil.

Deputado Arnaldo Jardim (centro), representantes da Abralatas e alguns dos agraciados com o Prêmio da Economia Verde
Deputado Arnaldo Jardim (centro), representantes da Abralatas e alguns dos agraciados com o Prêmio da Economia Verde

“É com grande alegria que reconhecemos essas dez personalidades de nosso país que contribuem efetivamente para a conservação do meio ambiente. O Brasil tem todas as condições para estar na vanguarda da economia verde e da economia de baixo carbono. Nossa intenção é olhar para a questão da sustentabilidade do ponto de vista de sua vertente econômica para que a conta possa fechar”,

falou o deputado Arnaldo Jardim durante a entrega do Prêmio.

“Segundo a ONU, o maior desafio do século é acabar com a pobreza enquanto mitigamos as mudanças climáticas. E é justamente com esse propósito que estamos aqui nos debruçando sobre este tema. Acreditamos em uma economia pujante brasileira, mas sempre seguindo instrumentos econômicos para tentar mitigar a questão das mudanças climáticas. Há anos debatemos esses temas em parceria com o parlamento. Estamos juntos em temas como o PL que regulamenta o mercado de carbono e a inclusão da reciclagem na Reforma Tributária. A Frente da Economia Verde é protagonista nesses debates no Congresso Nacional, sempre antenada às oportunidades de transformar nossa sociedade para bases mais sustentáveis e reconhecendo as melhores iniciativas com esta premiação”,

afirmou Cátilo Cândido, presidente executivo da Abralatas, durante a entrega do Prêmio.

Segundo Luciana Costa, uma das premiadas, “este reconhecimento é muito relevante para a economia e reconhece que o BNDES é o maior financiador de energia renovável do mundo, além de apoiar de forma importante a economia verde”. O premiado Rodrigo Rollemberg, por sua vez, declarou que “a economia verde tem um papel fundamental na transformação da vida dos brasileiros para que o Brasil possa cumprir o seu papel estratégico na descarbonização de todo o planeta”.

O evento de premiação foi realizado no Salão Nobre da Câmara dos Deputados na manhã desta quinta-feira.

FIM PUBLICIDADE

Frente Parlamentar da Economia Verde

A Frente Parlamentar da Economia Verde é um foro democrático multipartidário e multissetorial que propõe soluções para induzir e acelerar a transição para um modelo econômico menos impactante ambientalmente. Apoiada por mais de 40 entidades representativas nacionais de diversos setores, contribui ativamente para o avanço e o aperfeiçoamento de matérias legislativas que tratam dessa nova ordem econômico-socioambiental.

Confira os dez ganhadores do Prêmio deste ano:

Deputado Federal Aliel Machado 

  • Rodrigo Rollemberg, Secretário de Economia Verde, Descarbonização e Bioindústria do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços
  • Carlo Pereira, Secretário do Pacto Global da ONU no Brasil
  • Luís Roberto Barroso, Presidente do Supremo Tribunal Federal
  • Embaixador André Aranha Corrêa do Lago, Secretário do Clima, Energia e Meio Ambiente no Ministério das Relações Exteriores
  • Maria Trindade Araújo, Presidente da Associação Cidadania Para Todos e Diretora da Rede Recicla Pará
  • Rosana Santos, Diretora-Executiva do Instituto E+ Transição Energética
  • Gonçalo Pereira, Professor Titular e Líder do Laboratório de Genômica e Bioenergia da Unicamp.
  • Rafael Dubeux, Secretário-Executivo Adjunto do Ministério da Fazenda
  • Luciana Costa, Diretora de Infraestrutura, Transição Energética e Mudança Climática do BNDES

Energia Solar Compartilhada sem investimentos ou obras!

Quer começar a
economizar agora?

Insira seus dados abaixo que a nossa equipe entra em contato e cuida do restante.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Siga a gente