Santander e coligados prevê 12 usinas de GD até 2025

Santander e coligados prevê 12 usinas de GD até 2025
Foto: Divulgação / Google
Compartilhe:
Fim da Publicidade

Aliança firmada inclui implementação de 12 plantas fotovoltaicas e uma de biogás, num total de 40 MW de potência instalada

FIT Energia – um braço do banco Santander – fecha parceria de longo prazo para instalação, operação e manutenção de 13 usinas de GD (geração distribuída) até o final de 2025, sendo 12 de energia solar e uma de biogás, num total 40 MW de potência instalada.

Estima-se que a operação movimente mais de R$ 800 milhões até 2045 por meio da GD compartilhada, atendendo cerca de 20 mil residências e pequenos negócios. O contrato de alocação terá vigência de 22 anos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Ceará, Piauí, Mato Grosso, além do Distrito Federal. 

Contrato de locação terá vigência de 22 anos em sete estados e mais o Distrito Federal. Foto: RZK Energia/Reprodução

RZK Energia, que atua na geração renovável, comercialização e soluções no mercado de energia, será responsável pela instalação e operação dos ativos, enquanto a FIT Energia fará a gestão da energia que passará a ser produzida para seus clientes físicos e corporativos, em parceria com o Santander.

“Trata-se de um planejamento com o ganho de escala operacional e que já estamos implementando desde o ano passado em busca tornar a transição energética e a sustentabilidade cada vez mais acessíveis para pessoas e empresas em todas as regiões do país”,

disse Luiz Serrano, CEO da RZK Energia.
FIM PUBLICIDADE

Bruno Menezes, CEO da FIT Energia, destaca que parceria firmada busca consolidar a posição da empresa enquanto um dos players relevantes do setor, especialmente após a recente aquisição de seu controle acionário pelo banco espanhol.

Ambos os executivos ressaltam que o Brasil está passando por uma tendência irreversível de abertura de mercado e descentralização da oferta de energia, com base nas fontes renováveis, especialmente a energia solar. O modelo de GD compartilhada desempenha um papel crucial na democratização do acesso à energia limpa, permitindo que consumidores de diversos estados produzam sua própria energia de forma compartilhada e economizem sem grandes investimentos.

Essa aliança promete impulsionar ainda mais o avanço da energia renovável e contribuir para um futuro mais sustentável no Brasil.


Energia Solar Compartilhada sem investimentos ou obras!

Quer começar a
economizar agora?

Insira seus dados abaixo que a nossa equipe entra em contato e cuida do restante.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

RSS
Facebook
Instagram
YouTube