Em GO Equatorial investirá quase R$ 10 milhões em eficiência energética

Compartilhe:
Fim da Publicidade

Serão entregues 13 obras, que representarão uma economia de R$ 4,3 milhões na conta de luz

A Equatorial Goiás investirá neste ano R$ 9,8 milhões em ações de eficiência energética no Estado. Serão entregues 13 obras, que representarão uma economia de 7.050 MWh/ano na conta de luz ou R$ 4,3 milhões.

O projeto no Ipasgo (Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás) prevê a substituição de cerca de 570 luminárias por iluminação de LED, mais econômica, eficiente e duram até 10 vezes mais que a convencional, e a construção de uma usina fotovoltaica de 80 KWp, com 170 placas.

A obra teve início neste mês e tem previsão de término no final do ano. O responsável pelo projeto de eficiência energética na Equatorial Goiás, Adriano Faria, explica que o projeto garantirá uma economia expressiva na conta de energia do órgão estadual.

“A previsão é de aproximadamente 300 MWh/ ano, que seria suficiente, por exemplo, para abastecer em torno de 155 residências por um ano. Em reais, isso representa uma economia na conta de luz de aproximadamente R$ 120 mil anualmente”, disse.

Em abril a Equatorial Goiás entregou sua primeira obra de eficiência energética no Estado, no prédio da Receita Federal, em Goiânia, onde foram investidos cerca de R$ 860 mil na troca de mais de 5 mil lâmpadas e luminárias, além da troca de seis equipamentos de ar-condicionado e a implementação de um sistema de geração fotovoltaico com 156 módulos.

No mesmo mês a distribuidora inaugurou a obra do Copesp (Comando de Operações Especiais), com investimento de R$ 1,2 milhão na substituição de mais de 5 mil lâmpadas e 46 equipamentos de ar condicionado, além de instalação de usina fotovoltaica.

FIM PUBLICIDADE

Também no primeiro semestre foram entregues os projetos de iluminação pública das prefeituras de Águas Lindas, Cidade Ocidental, Cumari, Itumbiara e Novo Gama. Juntas, as sete obras já entregues pela empresa de janeiro a junho de 2023 somam em torno de R$ 5,7 milhões.

Projetos futuros

Para este ano ainda está prevista a conclusão de uma usina fotovoltaica na sede da Emater (Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural, e Pesquisa Agropecuária), a troca de luminárias nas cidades de Goiânia, Ipameri, Luziânia e Rio Verde e o projeto do Ipasgo, totalizando um investimento de R$ 4,1 milhões no segundo semestre.

Os projetos são financiados com recursos do PEE (Programa de Eficiência Energética), da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), e são selecionados em chamada pública para financiamento de projetos com foco no consumo eficiente de energia elétrica. A Equatorial Goiás prevê abrir um novo edital neste segundo semestre.

Fonte: https://canalsolar.com.br/equatorial-investira-quase-r-10-milhoes-em-eficiencia-energetica-em-go/


Energia Solar Compartilhada sem investimentos ou obras!

Quer começar a
economizar agora?

Insira seus dados abaixo que a nossa equipe entra em contato e cuida do restante.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Siga a gente