Agronegócio avança em geração de energia solar

Agronegócio avança em geração de energia solar
Imagem: Freepik
Compartilhe:
Fim da Publicidade

Iniciativa promete revolucionar a integração dos setores e será testada inicialmente em Minas Gerais

O agronegócio brasileiro está começando a engatinhar na geração de energia agrofotovoltaica, que integra a agricultura com a energia solar. A iniciativa promete revolucionar a integração dos setores e será testada inicialmente em Minas Gerais após apresentar resultados em estudos dos estados de Pernambuco e Alagoas.

Inovador e contrastando com o modelo convencional, onde os módulos de geração de energia solar são dispostos rentes ao solo, demandando a supressão da vegetação e impossibilitando o uso agropecuário, o experimento em Minas Gerais propõe uma abordagem revolucionária. Este novo modelo integra, no mesmo espaço, tanto a produção de energia solar quanto atividades agropecuárias.

A proposta, originária de pesquisadores alemães e previamente testada em estudos realizados em Pernambuco e Alagoas, representa uma síntese avançada entre sustentabilidade e produtividade. Ao contrário das práticas usuais, que sacrificam a vegetação para dar espaço aos painéis solares, a inovação permite a coexistência harmoniosa entre a geração de energia limpa e a utilização da terra para cultivos variados e até mesmo pastagem para a criação de animais.

Iniciativa promete revolucionar a integração dos setores e será testada inicialmente em Minas Gerais
Módulo agrofotovoltaico em Santa Clotilde, em Rio Largo, no Alagoas. | Foto: Fapeal

Essa iniciativa não apenas coloca Minas Gerais na vanguarda das soluções ambientalmente conscientes, mas também destaca o potencial de replicação desse modelo em outras regiões do Brasil e do mundo. Ao combinar eficiência energética com práticas agrícolas sustentáveis, o projeto se posiciona como uma resposta promissora para os desafios contemporâneos que envolvem a busca por fontes renováveis e a otimização do uso do solo.

Fruto da colaboração entre a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPQD), o projeto é financiado pela Agência Nacional de Energia Elétrica e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

Composto por quatro módulos, cada um com uma área que varia entre 300 e 400 metros quadrados, o projeto é multifacetado. Sob as placas que compõem a estrutura, está previsto o cultivo de diversas culturas, incluindo melão, morango, feijão e alface. Além disso, haverá espaço dedicado à pastagem, visando à criação de bovinos.

Essa iniciativa ousada não apenas representa uma abordagem inovadora para a agricultura, mas também destaca a importância da parceria entre entidades públicas e privadas, evidenciando o compromisso com o avanço científico e tecnológico para o benefício da comunidade e do setor agrícola. À medida que o projeto se desenrola, espera-se que seus resultados ofereçam insights valiosos e soluções sustentáveis para desafios presentes na interseção entre agricultura, energia e telecomunicações.

FIM PUBLICIDADE

A associação calcula que existam 196 mil sistemas de geração de energia solar em áreas rurais do Brasil atualmente, o que representa 8,8% do total existente no país, com uma potência instalada de 3,6 gigawhatts.


Banner Kit Gerador Solar

COP 28 e compromisso global

De acordo com a Agência Internacional para as Energias Renováveis (Irena) e a International Hydropower Association (IHA), 117 países firmaram acordo na COP 28 para ampliar a capacidade de geração de energia limpa. 

O compromisso de triplicar a capacidade global de energia renovável em 117 países até 2030 é um marco histórico para limitar o aumento da temperatura global a 1,5°C. Para que isso se torne realidade, será necessária uma mudança global de comportamento em relação ao sistema energético, principalmente por parte dos governos para desbloquear investimentos e flexibilizar políticas públicas.   

A Aliança Global para as Energias Renováveis ​​(GRA) é uma das responsáveis pela formalização do texto oficial com o compromisso. A proposta de triplicar a produção mundial de energia renovável para 11 mil GW até 2030, juntamente com a duplicação da eficiência energética, é considerada, nesta década, a ação com maior impacto para descarbonizar o planeta. Isso foi apontado também pelo relatório pré-COP, elaborado pela presidência da COP 28, a GRA e a IRENA. 

Um dos fatores mais importantes que garantirão a expansão do uso de energias renováveis é a adaptação dos governos na simplificação de licenciamentos e o reforço da cadeia de abastecimento. Além disso, expandir as redes e desbloquear os incentivos e financiamentos são importantes para consolidar a meta estabelecida na COP 28. 

Fonte: https://www.jornalopcao.com.br/economia/agronegocio-avanca-em-geracao-de-energia-solar-565616/

Quer saber quanto custa instalar seu
Sistema Solar?

Vamos precisar coletar algumas informações básicas, preencha os dados abaixo para nossos Epecialistas dimensionar sua Usina Solar sem compromisso com economia de até 95%.
"Sem compromisso, totalmente GRATUITO"

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

RSS
Facebook
Instagram
YouTube