Prates defende Brasil na transição do petróleo para matrizes energéticas renováveis

Petrobras tem papel social e será empresa de energia
Em meio à crise por sucessão, entidade aponta para olhar ambiental e social que companhia deve seguir (Wagner Meier/Getty Images)
Compartilhe:
Fim da Publicidade

Ao defender o aumento das áreas exploradas, presidente da Petrobras avisa que, se o Brasil voltar a importar petróleo, terá de pagar mais caro por um óleo mais carbonizado

Ao defender nesta segunda-feira, 22, que a Petrobras está disponível para ajudar o Brasil na transição do petróleo para matrizes energéticas renováveis, o presidente da companhia, Jean Paul Prates, disse que os cenários atuais indicam a permanência dos hidrocarbonetos na economia por mais 40 a 50 anos.

De acordo com Prates, as reservas de petróleo dos poços já conhecidos dão para mais 12 a 13 anos. “Ou vai para a Margem Equatorial, ou volto a importar petróleo”, disse o presidente da Petrobras, acrescentando que se o Brasil tiver que voltar a importar petróleo terá que pagar mais caro por um óleo mais carbonizado.

Região Amazônica

Prates defende Margem Equatorial e projeta hidrocarbonetos na economia por até 50 anos
(Rafael Pereira/Agência Petrobras/Divulgação)

O executivo disse ainda que levarão ao menos de seis a oito anos para começar a se preocupar com fluxo de óleo da Margem Equatorial. “A única empresa capaz de garantir responsabilidade na Margem Equatorial é a Petrobras”, disse o executivo ao falar do baixo risco de acidentes com vazamentos na região amazônica.

FIM PUBLICIDADE

Prates lembrou que a empresa tem operação na Amazônia há 35 anos em Urucu, sem nenhum acidente. “Estamos atrasados porque toda a onda da Margem Equatorial começou em 2015”, disse o presidente da Petrobras.

Fonte: Exame | ESG


Energia Solar Compartilhada sem investimentos ou obras!

Quer começar a
economizar agora?

Insira seus dados abaixo que a nossa equipe entra em contato e cuida do restante.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

RSS
Facebook
Instagram
YouTube