Mesmo com alta de imposto, importação de painéis deve crescer no 1º semestre

Imagem: Freepik
Compartilhe:
Fim da Publicidade

Cenário de redução de estoques de equipamentos de energia solar e cotas livres de tarifas devem sustentar a demanda do mercado brasileiro, indica análise da InfoLink Consulting

O volume de importação de painéis solares da China tende a crescer no Brasil no primeiro semestre de 2024, apesar do aumento de imposto, mostra análise da consultoria InfoLink Consulting. Redução de estoques e cotas livres de tarifas são os fatores que apontam para esse cenário.

A elevação de 6% para 10,8% do imposto de importação sobre placas solares entrou em vigor em 1º de janeiro 2024, após decisão do Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex), anunciada em 12 de dezembro.

Para que o mercado de energia solar tenha tempo de se adaptar às novas regras, o Gecex estabeleceu cotas de importação a 0%, em valores decrescentes, até 2027. As cotas serão de: US$ 1,13 bilhão entre janeiro e junho de 2024; US$ 1,01 bilhão entre julho de 2024 e junho de 2025; US$ 717 milhões entre julho de 2025 e junho de 2026; e US$ 403 milhões entre julho de 2026 e junho de 2027.

A InfoLink Consulting estima que a cota estabelecida para o primeiro semestre desse ano equivale a 10,27 GW. Para efeito de comparação, o Brasil importou 9,1 GW em módulos fotovoltaicos da China nos primeiros seis meses de 2023, o que sugere a continuidade das importações em nível sustentado ao longo do período.

Imagem: Freepik

Demanda de grandes projetos

Conforme o relatório da consultoria, o Brasil importou 2,2 GW em painéis solares da China em novembro, um crescimento de 24% sobre o volume registrado em outubro. O montante corresponde a 73% do total de importações do continente americano no período.

O aumento pode ser atribuído a demanda de projetos de minigeração distribuída que necessitam cumprir prazos de conexão até janeiro para garantir regras de compensação mais vantajosas, conforme estabelecido pela Lei 14.300. Esse movimento levou a uma redução de estoques no país.

FIM PUBLICIDADE

Além disso, a forte queda nos preços dos módulos fotovoltaicos, que acumulou 40% no mercado brasileiro em 2023, estimulou a demanda de projetos de geração centralizada. A expectativa da consultoria é que o volume de importações apresente um novo crescimento em dezembro.

Exportações chinesas

A InfoLink Consulting estima que a China exportou 17,7 GW em painéis solares em novembro, crescimento de 7,6% sobre outubro e 65% sobre novembro de 2022. No acumulado do ano, os embarques somam 191,8 GW, um avanço de 33%. O volume já supera o total de exportações registrado pelo país em 2022 (154,8 GW).

O principal destino dos equipamentos foi a União Europeia, com 96,4 GW no acumulado de janeiro a novembro, volume 19,5% superior ao registrado no igual período de 2022.

Quer saber quanto custa instalar seu
Sistema Solar?

Vamos precisar coletar algumas informações básicas, preencha os dados abaixo para nossos Epecialistas dimensionar sua Usina Solar sem compromisso com economia de até 95%.
"Sem compromisso, totalmente GRATUITO"

Fonte: https://www.portalsolar.com.br/noticias/mercado/mesmo-com-alta-no-imposto-importacao-de-paineis-deve-crescer-no-1o-semestre

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

RSS
Facebook
Instagram
YouTube