Levantamento da ABSOLAR prevê mais de 40 GW de potência instalada na energia solar para 2024

Imagem: Divulgação
Compartilhe:
Fim da Publicidade

Apenas em 2023, geração atraiu mais de R$ 59,6 bilhões em novos investimentos, um crescimento de 49% em relação aos investimentos acumulados até o final de 2022 no país. 

Segundo levantamento feito pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), apenas em 2023, energia solar atraiu mais de R$ 59,6 bilhões em novos investimentos, um crescimento de 49% em relação aos investimentos acumulados até o final de 2022 no país, somando as grandes usinas e os sistemas de geração própria em telhados, fachadas e pequenos terrenos. 

Além dos investimentos, o setor solar brasileiro gerou mais de 352 mil novos empregos verdes, em todas as regiões do território nacional. Foram mais de  R$ 181,3 bilhões em negócios e mais de 1,1 milhão de novos postos de trabalho gerados dês de 2012.

Em relação à potência instalada, entre as grandes usinas e os pequenos sistemas de geração própria em telhados e terrenos, a fonte solar adicionou na matriz elétrica brasileira um total de 11,9 GW.

Foram 7,9 GW de geração distribuída e 4 GW de geração centralizada. No acumulado desde 2012, o Brasil possui atualmente 37,2 GW de potência operacional da fonte solar, sendo 25,8 GW de geração distribuída e 11,4 GW de geração centralizada.

Veja também:

FIM PUBLICIDADE

Somente em 2023, o mercado fotovoltaico brasileiro proporcionou mais de R$ 11 bilhões em arrecadação aos cofres públicos, acréscimo de 28,8% em relação ao total arrecadado até o final de 2022 no País.

Atualmente, a tecnologia solar é utilizada em 99,9% de todas as conexões de geração própria no País, liderando com folga o segmento. São mais de  2,3 milhões de sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede, trazendo economia e sustentabilidade a cerca de 3,3 milhões de unidades consumidoras.

“Embora tenha avançado nos últimos anos, o Brasil – detentor de um dos melhores recursos solares do planeta – continua muito aquém de seu potencial solar. Há mais de 92 milhões de consumidores de energia elétrica no País, porém atualmente menos de 3,5% faz uso do sol para gerar eletricidade”

Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR
Imagem: Freepik

Projeções para 2024

Segundo a entidade, em 2024, os novos investimentos trazidos pelo setor fotovoltaico poderão ultrapassar a cifra de R$ 38,9 bilhões, incluindo as grandes usinas e os pequenos e médios sistemas em telhados, fachadas e terrenos.

Segundo a avaliação da entidade, a fonte solar fotovoltaica poderá gerar mais de 281,6 mil novos empregos verdes, além de proporcionar uma arrecadação de mais de R$ 11,7 bilhões aos cofres públicos.

Serão adicionados mais de 9,3 GW de potência instalada, chegando a um total acumulado de mais de 45,5 GW.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

RSS
Facebook
Instagram
YouTube