Consumo de energia livre no ACL sobe 7,6% no 1º trimestre de 2024

Mais de 14mil empresas ja decidiram migrar para o Mercado Livre de Energia
Mais de 14mil empresas ja decidiram migrar para o Mercado Livre de Energia - Imagem: Freepik
Compartilhe:
Fim da Publicidade

No primeiro trimestre de 2024, o Brasil consumiu em média 72.416 MW, sendo 5% maior se comparado com o mesmo período do ano anterior, e o consumo no mercado de energia livre foi de 7,6%, segundo balanço feito pela CCEE.

O aumento no consumo de energia, tanto no mercado cativo quanto no mercado livre de energia, se dar pelo aumento das temperaturas em boa parte do país e também da atividade mais intensa nos setores como serviços, comércio e nas indústrias alimentícia e de bebidas.

No mercado regulado, ou mercado cativo, como também é conhecido, ambiente o consumidor só tem acesso à energia fornecida pela distribuidora local, cresceu cerca de 3,5% no comparativo anual. Esse aumento se deu pelo uso mais intenso de ventiladores e ar-condicionado pelos consumidores.

Já no mercado de energia livre, ambiente onde o consumidor tem a liberdade de escolher o seu fornecedor de energia e negociar as condições que forem mais adequadas para suas necessidades, houve um crescimento de 7,6%.

Consumo de energia livre no ACL sobe 7.6% no 1o trimestre de 2024
Consumo de energia livre no ACL sobe 7.6% no 1o trimestre de 2024 Imagem: Freepik

Os setores que mais consumiram energia elétrica

No balanço feito pela CCEE, houve diversos setores monitorados, 15 desses setores monitorados tiveram os aumentos mais expressivos como: Saneamento com 30%; Serviços com 21,3%; e Comércio com 19%. 

Em parte desse volume se dar pela abertura parcial do mercado de energia livre no início de 2024, onde vários consumidores conseguiram fazer a migração para esse ambiente, além do desempenho econômico destes ramos.

Indo contra o aumento, apenas a indústria têxtil teve uma redução de 0,01%, no comparativo anual.

Consumo de energia de acordo com a região

Além do consumo no mercado de energia livre, os setores apontados pelo balanço, o consumo por região também foi levado em consideração. Uma vez que entre os estados do país, as maiores variações de consumo foram registrados no Amazonas, com 23%; seguido pelo Acre, com 18%; e Tocantis, com 12%. 

FIM PUBLICIDADE

O aumento nessas regiões se dar também pelo aumento das temperaturas e menor volume de chuvas. Entretanto, o cenário se inverte nas regiões sul e sudeste, com o clima mais chuvoso, Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, tiveram uma redução no consumo de energia de 1,6% e 1,3%, respectivamente.

Sistema de geração de energia

As hidrelétricas ficaram responsáveis por entregar ao Sistema Interligado Nacional (SIN), 56,9 mil MW médios, com volume de 1,6% maior na comparação com os três primeiros meses do ano de 2023.

Além disso, houve uma queda de 12,3% na produção dos parques eólicos, que entregaram cerca de 7,7 mil MW médios. Contudo, as fazendas solares chegaram a produzir 2,9 mil MW médio, obtendo um crescimento de 47,9%.

As usinas térmicas também sofreram um aumento em 20,2% da sua geração no mesmo período.

Veja o quanto sua empresa pode economizar na conta de luz!

O Mercado Livre de Energia possibilita a redução de custos na sua empresa em até 30% e a tomada de melhores decisões.


CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Siga a gente