A importância da reciclagem de equipamentos de energia solar

Compartilhe:
Fim da Publicidade

Veja como funciona o processo de reaproveitamento e descarte adequado de painéis solares e outros itens do kit fotovoltaico

A importância da reciclagem de equipamentos de energia solar

Banner Kit Gerador Solar

Políticas públicas e conscientização são os elementos necessários para que a reciclagem de equipamentos fotovoltaicos acompanhe o crescimento do setor de energia solar. A análise é do CEO da Sun R, Leonardo Gasparini Duarte. Em entrevista exclusiva ao Portal Solar, o executivo falou sobre a importância ambiental do descarte correto de painéis solares e outros itens que compõem o sistema de geração solar fotovoltaica.

“Acreditamos que o mercado já está entendendo a necessidade de descartar corretamente este tipo de resíduo. O que precisamos fazer é conscientizar as empresas e propor políticas que auxiliem a destinação correta”, disse Duarte.

Ele conta que a Sun R, companhia especializadas em reciclagem fotovoltaica, recebe diferentes tipos de aparelhos usados em uma rede fotovoltaica, como inversores e baterias, além das placas solares.

“Hoje, recebemos todos os materiais recicláveis de toda a cadeia: usinas, importadores, fabricantes, distribuidores, seguradoras e pessoas físicas. Esses equipamentos incluem inversores, estruturas e baterias. Os materiais que não processamos em nossa empresa, destinamos diretamente para parceiros estratégicos que farão a reciclagem completa deste material”, detalhou.

De acordo com o relatório Resíduos Eletrônicos no Brasil 2021, o Brasil ocupa o 5° lugar no ranking entre os países que mais geram lixo eletrônico, com mais de 2 milhões de toneladas em 2019. Vale ressaltar que segundo a pesquisa, lixo eletrônico é tudo aquilo que não funciona mais e é ligado a algum tipo de energia.

Processo de reciclagem de módulos solares

Um módulo fotovoltaico é composto por vários materiais. Além do silício, componente responsável pela função fotovoltaica, ainda há vidro, cobre, alumínio, prata e plástico. Para uma reutilização efetiva, o executivo explica que na Sun R a reciclagem é feita de forma mecânica. “Nosso processo de reciclagem é 100% mecânico, passando por vários processos de descaracterização e separação”.

FIM PUBLICIDADE

O processo de reciclagem de um módulo fotovoltaico passa por, pelo menos, quatro etapas:

  • Coleta: esta é a fase em que o centro de reciclagem fotovoltaica recebe o equipamento descartado;
  • Desmontagem: aqui há a desmontagem da placa, onde os diferentes tipos de material são separados, como a moldura de metal, o vidro, e as placas de silício;
  • Separação: nesta etapa há a separação destes materiais, com processos específicos para cada um, como calor para os metais, trituração para os vidros e químico para a separação das células fotovoltaicas;
  • Reciclagem: esta é a etapa onde todo o material separado é de fato enviado para transformação de novos objetos. No caso da Sun R, Leonardo comenta que os materiais são transformados em matéria prima novamente para reinserção na cadeia produtiva de outros produtos.

Mercado de reciclagem fotovoltaica

Com o mercado de energia solar em ascensão, o ramo de reciclagem de painéis solares deve crescer em paralelo, devido a necessidade de um descarte sustentável para painéis. De acordo com uma pesquisa recente da consultoria Polaris Market Research, o mercado mundial de reciclagem de painéis solares deve atingir o valor de US$ 477,74 milhões até 2032.

Seguindo o ritmo de crescimento do mercado de reciclagem, o executivo complementa que a Sun R atualmente pretende expandir seu atendimento para mais regiões do país: ”Estamos focando na expansão de nossa empresa para que possamos atender melhor ainda nossos clientes de todas as regiões do Brasil”.

Projeto de lei sobre reciclagem de painéis

Em agosto de 2023, um projeto de lei pretende obrigar fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes de painéis solares fotovoltaicos a estruturar e implementar sistemas de logística reversa.

O PL 3.784/2023 pretende incluir um inciso sobre painéis solares na Lei 12.305, de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Embora essa legislação já preveja a logística reversa, o texto observa que há uma ambiguidade que gera insegurança jurídica sobre a obrigatoriedade de incluir os painéis solares fotovoltaicos nesse processo.

Fonte: https://www.portalsolar.com.br/noticias/tecnologia/equipamentos-fv/a-importancia-da-reciclagem-de-equipamentos-de-energia-solar

QUER GERAR SUA PRÓPRIA ENERGIA?

Solicite aqui conosco uma análise do seu consumo, que iremos com maior prazer lhe passar todos os detalhes do benefício e como iniciar de forma simples e prática e redução da sua conta de energia.

SEU KIT GERADOR SOLAR

Primeiramente vamos cadastrar seu contato, preencha os dados abaixo para nossos Epecialistas dimensionar sua Usina Solar sem compromisso com economia de até 95%.
"Sem compromisso, totalmente GRATUITO"

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Siga a gente