Brasil cria placa solar orgânica 3x mais eficientes que os modelos já existentes no mercado

Centro-de-pesquisa-brasileiro-desenvolve-painel-fotovoltaico-organico
Foto: Ilustrativa/Freepik
Compartilhe:
Fim da Publicidade

Pesquisadores brasileiros desenvolveram método inédito para produzir painéis solares orgânicos. Estas novas células solares prometem além de MUITAS vantagens triplicar a eficiência dos novos painéis solares.

Do lado de fora do Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná (UFPR), na zona sul de Curitiba, plaquinhas verdes colorem o aspecto cinzento dos três andares do prédio. O que grande parte das pessoas não sabe é que estes são painéis solares orgânicos que não param de converter a luz do sol em energia elétrica.

O uso de células solares orgânicas, que possuem carbono na composição e são feitas de plásticos muito finos e flexíveis, para produção de eletricidade é conhecida há 35 anos. Contudo, o Grupo de Dispositivos Nanoestruturados da Universidade (Dine) da UFPR descobriu um novo método de produzir os chamados painéis solares orgânicos, com materiais e processos que chegam a triplicar a eficiência na conversão de luz em energia renovável, em comparação a outros materiais.  

Vale destacar que a descoberta com as células solares orgânicas rendeu a 100ª patente concedida à universidade pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), autarquia federal responsável pela concessão de direitos de propriedade intelectual para a indústria.

Na nova técnica descoberta pelos pesquisadores, o filme, composto por quatro camadas impressas em poucos minutos por uma impressora especial, passa por uma reação que o torna mais estável e durável.

A descoberta dos novos painéis solares orgânicos está em fase laboratorial. Nas janelas do Centro Politécnico da UFPR, por exemplo, estão placas feitas antes desse registro e impressas pela única empresa que comercializa placas fotovoltaicas orgânicas das Américas, a mineira Sunew.

Pesquisadores-brasileiros-criam-paineis-solares-organicos-3x-mais-eficientes
Foto: reprodução/Google

Painéis solares orgânicos oferecem maior simplicidade, maleabilidade e adaptabilidade

O registro da patente representa, na avaliação dos pesquisadores do Dine, um avanço em relação às duas principais desvantagens do uso das células solares orgânicas conhecidas atualmente: a durabilidade e eficiência, que ainda são inferiores às das células inorgânicas, que não possuem carbono na composição, como a água e os sais minerais.

Apenas a descoberta de novos condutores pode romper essas barreiras. Atualmente, a forma mais conhecida de conversão de energia solar em elétrica começa a partir da extração do silício, que é uma célula inorgânica encontrada em rochas, barros, areias e solos.

Para a extração acontecer, geralmente ocorre uma redução industrial do quartzo, colocado em fornos de fundição ligados a até 2 mil ºC. Esse processo de produção, ao contrário das impressoras que imprimem às células solares orgânicas, geram mais emissões de CO2 poluentes.

FIM PUBLICIDADE

Já o uso de células solares orgânicas têm se mostrado mais simples, maleáveis e adaptáveis, avalia a doutora em física pela UFPR e integrante do Dine, Maiara de Jesus Bassi.

Vantagens das células solares orgânicas em relação às tradicionais

Diferentemente dos painéis comuns, que são mais pesados e rígidos, os painéis solares orgânicos podem ser colocados em qualquer tipo de superfície. Cada metro quadrado pesa 100 gramas e pode ficar sobre os locais mais esperados, como janelas e tetos, ou fixados em objetos de uso pessoal como casacos.

Segundo Bassi, pesquisadora do Dine, o primeiro impacto positivo de qualquer célula fotovoltaica é que usam a energia solar, chamada de energia limpa. Contudo, as células orgânicas, em relação às inorgânicas, são ainda mais sustentáveis, porque são mais simples de produzir, gerando menos resíduo ao meio ambiente.

O efeito fotovoltaico funciona a partir de um processo químico descoberto em 1839 pelo físico francês Alexandre Becquerel. Na época, ele descobriu que o sol, quando ilumina determinados materiais, desencadeia uma corrente elétrica. As primeiras células solares inorgânicas, contudo, só foram desenvolvidas na década de 50.

Quer saber quanto custa instalar seu
Sistema Solar?

Vamos precisar coletar algumas informações básicas, preencha os dados abaixo para nossos Epecialistas dimensionar sua Usina Solar sem compromisso com economia de até 95%.
"Sem compromisso, totalmente GRATUITO"

FONTE: https://clickpetroleoegas.com.br/pesquisadores-brasileiros-criam-paineis-solares-organicos-3x-mais-eficientes-que-os-modelos-ja-existentes-no-mercado-a-revolucao-no-setor-de-energia-solar-esta-partindo-do-brasil/


Energia Solar por Assinatura

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Área de comentários

Seus comentários são moderados para serem aprovados ou não!
Alguns termos não são aceitos: Palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político.

Os comentários e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça sua contribuição de forma construtiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Comunidade Energia Limpa Whatsapp.

Participe da nossa comunidade sustentável de energia limpa. E receba na palma da mão as notícias do mercado solar e também nossas soluções energéticas para economizar na conta de luz. ⚡☀

ASSINE NOSSO INFORMATIVO

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, todas as semanas.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

RSS
Facebook
Instagram
YouTube